Terça-feira, 23 de Junho de 2009

COMPOSIÇÃO

COMO REDIGIR UMA COMPOSIÇÃO

 

    Para te ajudar a fazer uma composição, sugiro que sigas estas etapas de trabalho:

1ª – Reflexão sobre o tema

    É fundamental que faças uma reflexão cuidada sobre o tema que te é exigido. Não deverás, nunca, afastar-te do tema, para poderes tratá-lo com alguma profundidade, criatividade e seriedade.
    Numa folha de papel, deverás ir anotando os factos, as ideias…que te vão ocorrendo. Assim conseguirás ordenar melhor as ideias e evitarás esquecer-te de pormenores importantes.

2ª – Escolha do discurso

    Após a reflexão sobre o tema, é importante definir o tipo de discurso com que organizarás o conteúdo da tua composição (narrativo, descritivo, expositivo-informativo, argumentativo…). Esta opção deverá ser cuidadosamente ponderada, pois há que escolher o discurso que melhor se adeqúe à expressão das tuas ideias.

3ª – Elaboração do plano

    Antes de começares a redigir, é necessário conheceres claramente os tópicos a desenvolver, as ideias a privilegiar, o lugar a conceder a este ou àquele aspecto e o próprio encadeamento do texto. É necessário, portanto, que procedas à elaboração de um plano que ordene os elementos que reuniste quando reflectiste sobre o tema. Poderás introduzir mais elementos na tua lista de tópicos ou retirar alguns que consideres repetitivos ou pouco importantes).

    Na elaboração do plano, convém distribuir os vários aspectos a tratar por 3 áreas diferentes:
    – a introdução (que apresenta o tema, podendo também indicar a sua importância e pertinência, o método utilizado para o abordar…);

- o desenvolvimento (que, como o nome indica, desenvolve o tema, de acordo com o tipo de discurso escolhido para o fazer);

    – a conclusão (que constitui uma espécie de remate do texto e pode apresentar uma pequena síntese do desenvolvimento, uma opinião…).

4ª – Concretização do plano

     Deves, agora, desenvolver os teus tópicos por escrito, ou seja, organizar em textos os conteúdos previstos pelo plano. Vais produzir um discurso que, com correcção linguística, exprima com rigor e clareza, as ideias que queres transmitir.

    Para o conseguires, deverás prestar atenção aos seguintes aspectos:
   - as características do discurso a utilizar (descrever é diferente de argumentar, por exemplo );

 - o encadeamento lógico das ideais;

   – a riqueza vocabular;

    – a correcção da ortografia, da sintaxe e da pontuação;

    – a estética da linguagem (a música das palavras, o ritmo da frase…)

 5ª – Revisão

    A última etapa do trabalho consiste numa revisão atenta do texto, que permita detectar eventuais erros relativos aos diversos aspectos considerados no ponto anterior.

    Antes de dares por concluída a tua composição, experimenta lê-la em voz alta. Se o fizeres, poderás aperceber-te de algumas deficiências que a leitura silenciosa não permite observar.

 

in FERNANDO AFONSO E ESMERALDA LOPES, Aprender a Dominar a Escrita no Mundo Contemporâneo

 

 Se clicares nos links abaixo, poderás ler algumas informações que te ajudam a elaborar um trabalho escolar, a partir de um tema:

 

http://www.malhatlantica.pt/estudoacompanhado/elaborar.htm

 

http://www.percursos.net/becre/redtrabalho.htm

 

Bom trabalho!

Blog Widget by LinkWithin
assuntos do blog:
publicado por ana às 00:06
link do post | comentar | favorito
Este Blog dedica-se à postagem de fotos,artigos e videos que circulam livremente na internet. Qualquer anomalia ou problema de funcionamento e/ou copyright não é da responsabilidade deste Blog, dado que o mesmo se baseia em hiperligações ou links. Eventuais reclamações e outras solicitações deverão ser feitas unica e exclusivamente nas respectivas fontes de origem. Ana Márcia

.mais sobre mim

.assuntos do blog

. à / há / ah

. a narrativa

. acentos gráficos

. acentuação - regras

. adivinhas

. adjectivos - comparativos e superlativos

. advérbio

. antónimos

. aprender

. artigos

. artigos definidos e indefinidos

. categorias da narrativa

. classe dos determinantes

. classes de palavras

. classificação das vogais

. classificação de palavras

. classificação dos ditongos

. composição

. concordância verbal

. conjugador de verbos

. cuidado com a língua

. desafio

. desafios

. é bom ler….

. endereços úteis

. escritores

. exercícios e testes

. expressões idiomáticas

. forma de frases

. formação de palavras

. funcionamento da língua

. graus dos adjectivos

. grupo nominal e grupo verbal

. hino portugal

. homófonas e homógrafas

. interjeição

. interjeições

. interpretação - 6º ano

. jogos

. lengalengas

. léxico - animais

. língua portuguesa

. língua portuguesa on line

. livros para download

. locuções adverbiais

. morfologia verbal

. nomes

. nomes colectivos

. novo acordo ortográfico

. novo programa de português do ensino bás

. o português nos palop’s

. obras dos 27 estados

. onomatopeias

. oração - elementos essenciais

. ortografia 6º

. palavras homónimas

. parágrafo

. plano nacional de leitura

. plural de palavras compostas

. poema antónio torrado

. poesia

. pratica

. preposições

. pronomes

. pronomes pessoais

. prova de aferição

. provas de aferição

. provérbios

. receita

. relações entre as palavras

. silaba

. sílaba e divisão silábica

. sílabas

. sílabas tónicas e sílabas átonas

. sinais de pontuação

. sinais gráficos

. sinónimos

. sinónimos e antónimos

. sintaxe: frase simples e funções sintáct

. sítio para pais

. sons

. sophia de mello beyner andresen

. técnicas de escrita

. tempos verbais 5º ano

. tipos de frases

. tipos e formas de frase

. tipos e formas de frases

. translineação

. trava línguas

. trava-línguas

. uso do hífen com prefixos:

. utilidades

. vamos jogar

. verbo ser

. verbos

. vídeos

. vocabulário

. webquests

. todas as tags

RSS

.arquivos

. Abril 2011

. Junho 2010

. Março 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009