Terça-feira, 23 de Junho de 2009

COMPOSIÇÃO

COMO REDIGIR UMA COMPOSIÇÃO

 

    Para te ajudar a fazer uma composição, sugiro que sigas estas etapas de trabalho:

1ª – Reflexão sobre o tema

    É fundamental que faças uma reflexão cuidada sobre o tema que te é exigido. Não deverás, nunca, afastar-te do tema, para poderes tratá-lo com alguma profundidade, criatividade e seriedade.
    Numa folha de papel, deverás ir anotando os factos, as ideias…que te vão ocorrendo. Assim conseguirás ordenar melhor as ideias e evitarás esquecer-te de pormenores importantes.

2ª – Escolha do discurso

    Após a reflexão sobre o tema, é importante definir o tipo de discurso com que organizarás o conteúdo da tua composição (narrativo, descritivo, expositivo-informativo, argumentativo…). Esta opção deverá ser cuidadosamente ponderada, pois há que escolher o discurso que melhor se adeqúe à expressão das tuas ideias.

3ª – Elaboração do plano

    Antes de começares a redigir, é necessário conheceres claramente os tópicos a desenvolver, as ideias a privilegiar, o lugar a conceder a este ou àquele aspecto e o próprio encadeamento do texto. É necessário, portanto, que procedas à elaboração de um plano que ordene os elementos que reuniste quando reflectiste sobre o tema. Poderás introduzir mais elementos na tua lista de tópicos ou retirar alguns que consideres repetitivos ou pouco importantes).

    Na elaboração do plano, convém distribuir os vários aspectos a tratar por 3 áreas diferentes:
    – a introdução (que apresenta o tema, podendo também indicar a sua importância e pertinência, o método utilizado para o abordar…);

- o desenvolvimento (que, como o nome indica, desenvolve o tema, de acordo com o tipo de discurso escolhido para o fazer);

    – a conclusão (que constitui uma espécie de remate do texto e pode apresentar uma pequena síntese do desenvolvimento, uma opinião…).

4ª – Concretização do plano

     Deves, agora, desenvolver os teus tópicos por escrito, ou seja, organizar em textos os conteúdos previstos pelo plano. Vais produzir um discurso que, com correcção linguística, exprima com rigor e clareza, as ideias que queres transmitir.

    Para o conseguires, deverás prestar atenção aos seguintes aspectos:
   - as características do discurso a utilizar (descrever é diferente de argumentar, por exemplo );

 - o encadeamento lógico das ideais;

   – a riqueza vocabular;

    – a correcção da ortografia, da sintaxe e da pontuação;

    – a estética da linguagem (a música das palavras, o ritmo da frase…)

 5ª – Revisão

    A última etapa do trabalho consiste numa revisão atenta do texto, que permita detectar eventuais erros relativos aos diversos aspectos considerados no ponto anterior.

    Antes de dares por concluída a tua composição, experimenta lê-la em voz alta. Se o fizeres, poderás aperceber-te de algumas deficiências que a leitura silenciosa não permite observar.

 

in FERNANDO AFONSO E ESMERALDA LOPES, Aprender a Dominar a Escrita no Mundo Contemporâneo

 

 Se clicares nos links abaixo, poderás ler algumas informações que te ajudam a elaborar um trabalho escolar, a partir de um tema:

 

http://www.malhatlantica.pt/estudoacompanhado/elaborar.htm

 

http://www.percursos.net/becre/redtrabalho.htm

 

Bom trabalho!

Blog Widget by LinkWithin
assuntos do blog:
publicado por ana às 00:06
link do post | comentar | favorito
|

RECEITA

http://playcnsf.files.wordpress.com/2009/02/happyfacecolor3.gif

 

daqui

assuntos do blog:
publicado por ana às 00:04
link do post | comentar | favorito
|

Sítio para pais

Olá, desta vez venho informar os vossos pais (pois eu sei que alguns visitam o “Playcnsf” com regularidade) da existência de um sítio para eles.  O Ministério da Educação criou um sítio para apoiar os pais no âmbito da Língua Portuguesa.

Como ajudar os filhos a estudar português e a saber como funciona a língua é o que nos propõe o sítio: http://www.dgidc.min-edu.pt/sitiodospais/index.html

assuntos do blog:
publicado por ana às 00:03
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

escritores

 

 

 

  ...  escritores portugueses: séculos  XX  -XXI

 

Ana Maria Magalhães

n. 1946

António Torrado

n.1939

António Lobo Antunes

 n.1942

João Aguiar

n. 1943

Isabel Alçada

n. 1950

Maria Teresa Maia Gonzalez

n. 1958

 

 

António Gedeão:

1906 - 1997

Sophia de Mello Breyner

 1919-2004

José Saramago

 Nobel da Literatura 1998

 n. 1922

Mário Cesarinny

 1923 - 2006

José Cardoso Pires

1925-1998

Manuel Alegre

n. 1936

escritores lusófonos

 

Cecília Meireles

Poetisa brasileira

1901 – 1964

Carlos Drummond de Andrade

Poetabrasileiro

1902-1987

Jorge Amado

Escritor brasileiro

1912-2001

José Craveirinha

Poeta moçambicano

1922 - 2003

Pepetela

Escritor angolano

n. 1941

Mia Couto

Biólogo, professor, escritor

moçambicano: n.1955

Luís Cardoso

Escritor timorense 

n. 1959 ?

Conceição Lima

Poetisa, jornalista

 santomense, n. 1961

Nelson Saúte

 

Escritor e jornalista

moçambicano, n. 1967

Adriana Lisboa

prémio J. Saramago 2003

brasileira, n. 1970

 

assuntos do blog:
publicado por ana às 21:40
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Junho de 2009

Adivinhas


 

 

 

As adivinhas servem para testar a rapidez do raciocínio, para medir as forças mentais entre quem pergunta e quem responde.

 

 

 

Qual é a coisa qual é ela que antes de ser já era ?

 

SOLUÇÃO!!!!
Pescada

 

 

Pergunta: - Muda de forma a toda a hora. Foi água, e água será. De onde veio, não ignora... Mas nunca sabe a onde irá. Que é?

Resposta: - A nuvem

  

 

Pergunta: - Qual é o apelido de uma pessoa que racha madeira?
Resposta: - Machado. 

 

 

Pergunta: - O que é que atravessa o vidro sem o quebrar?

Resposta: - A luz.

 

 

Pergunta: - Qual é o animal que anda com as patas na cabeça?

Resposta: - O piolho.

 

assuntos do blog:
publicado por ana às 13:25
link do post | comentar | favorito
|

Provérbios


 

             O hábito faz o monge.

Ø      A cavalo dado não se olha o dente.

Ø      As paredes têm ouvidos.

Ø      Águas passadas não movem moinhos.

Ø      Apanha-se mais depressa um mentiroso que um coxo.

Ø      Bolsa cheia, coração alegre.

Ø      Cão que ladra não morde.

Ø      Dá Deus nozes a quem não tem dentes.

Ø      Depressa e bem, não faz ninguém.

Ø      Depois da tempestade vem a bonança.

Ø      Há mar e mar, há ir e voltar.

Ø      Quanto mais alto se sobe, maior é a queda.

Ø      Mais vale um pássaro na mão, que dois a voar.

Ø      Grão a grão, enche a galinha o papo.

Ø      Maio frio, Junho quente, bom pão, vinho valente.

Ø      Quem quiser, mal á vizinha dê-lhe em Maio sardinhas.

Ø      Março marçagão: de manhã inverno, á tarde verão.

Ø      Mal vai Portugal, se não três cheias antes do Natal.

Ø      Ande o frio, onde andar, no Natal cá vem parar.

Ø      Os dias de Natal, são saltos de pardal.

Ø      Quem casa em Agosto, sofre um desgosto.

 

 

 

 ...porque  os  provérbios  são  a  alma  de  um  povo ... revelam-nos ... dão-nos colorido ... contam a nossa história ...

 

 

quem madruga, Deus ajuda The early bird catches the worm

 

 

 

  

A quien madruga, Dios le ayuda.

Der frühe Vogel fängt den Wurm
Até ao lavar dos cestos é vindima    

Hasta que pasa el rabo, todo es toro

 

A vida é a melhor escola

Life is the best teacher

Il n'est que de vivre pour apprendre.

Lo que en los libros no está, la vida te enseñará  
Cão que ladra não morde

Barking dogs seldom bite

 

Perro que ladra no muerde.

Hunde, die bellen, beißen nicht

assuntos do blog:
publicado por ana às 13:21
link do post | comentar | favorito
|

trava-línguas

 

Trava-línguas é um conjunto de palavras formando uma sentença que seja de difícil articulação em virtude da existência de sons que exijam movimentos seguidos dalíngua que não são usualmente utilizados.

Os travalínguas, além de aperfeiçoadores da pronúncia, servem para divertir e provocar disputa entre amigos. São embaraçosos, provocam risos e caçoadas.

 

 

Ora, diz lá isto muito depressa:

 

Arcas, arcas, arcas, arcas, arcas...
O rato roeu a rolha da garrafa do rei da Rússia
Jaime, Jaime, Jaime, Jaime, Jaime...
Um tigre, dois tigres, três tigres
Padre Pedro prega pregos. Pregos prega padre Pedro...
Se cá nevasse fazia-se cá ski.
Um limão, dois limões, meio limão.
Que faria o Faria, se não fosse Faria?
Faria o que faria, quem não fosse faria.

 

 

Esta burra torta trota

 

Esta burra torta trota
Trota, trota, a burra torta.
Trinca a murta, a murta brota
Brota a murta ao pé da porta.

-----------------------------------

 

Um ninho de mafagafas

 

Um ninho de mafagafas
Com sete mafagafinhos
Quando o mafagafa gafa
Gafam os setes mafagafinhos.

-----------------------------------

 

A história é uma sucessão sucessiva

 

A história é uma sucessão sucessiva
dos sucessos que se sucedem
sucessivamente.

-----------------------------------

 

Percebeste?

 

Percebeste?
Se não percebeste,
faz que percebeste
para que eu perceba
que tu percebeste.
Percebeste?

 

 

 

 

 

assuntos do blog:
publicado por ana às 13:16
link do post | comentar | favorito
|

Lengalengas


Uma lengalenga é uma cantilena transmitida de geração em geração na qual se repetem determinadas palavras ou expressões.

 

 

 

O tempo

 

O tempo pergunta ao tempo
Quanto tempo o tempo tem.
O tempo responde ao tempo
Que o tempo tem tanto tempo
Quanto tempo o tempo tem.

 

recolha de Luísa Ducla Soares    

   

 

 

assuntos do blog:
publicado por ana às 13:10
link do post | comentar | favorito
|

Vídeos

Vídeos

 

A Bela Infanta


O Ratinho Musical

assuntos do blog:
publicado por ana às 13:00
link do post | comentar | favorito
|

SONS

 

A Língua de Nhem, de Cecília Meireles

Abecedário sem Juízo, de Luísa Ducla Soares

Os Números do Menino Guloso, de Luísa Ducla Soares

O Ratinho Musical , de Luísa Ducla Soares

Chuva, de Luísa Ducla Soares

Dois Irmãos, de Maria Alberta Menéres

O Fundo do Mar, Sophia de Mello Breyner Andresen


 


É Verão e Vasco, o coelho, está muito entusiasmado!! O destino é segredo, mas acaba por ser a melhor surpresa de sempre - uma ida à praia 

Clica em Play Now e de seguinte no botão -> para ouvires a história!


icon for podpress

 O Vasco e o castelo de areia [4:23m]:


assuntos do blog:
publicado por ana às 12:59
link do post | comentar | favorito
|
Este Blog dedica-se à postagem de fotos,artigos e videos que circulam livremente na internet. Qualquer anomalia ou problema de funcionamento e/ou copyright não é da responsabilidade deste Blog, dado que o mesmo se baseia em hiperligações ou links. Eventuais reclamações e outras solicitações deverão ser feitas unica e exclusivamente nas respectivas fontes de origem. Ana Márcia

.mais sobre mim

.assuntos do blog

. à / há / ah

. a narrativa

. acentos gráficos

. acentuação - regras

. adivinhas

. adjectivos - comparativos e superlativos

. advérbio

. antónimos

. aprender

. artigos

. artigos definidos e indefinidos

. categorias da narrativa

. classe dos determinantes

. classes de palavras

. classificação das vogais

. classificação de palavras

. classificação dos ditongos

. composição

. concordância verbal

. conjugador de verbos

. cuidado com a língua

. desafio

. desafios

. é bom ler….

. endereços úteis

. escritores

. exercícios e testes

. expressões idiomáticas

. forma de frases

. formação de palavras

. funcionamento da língua

. graus dos adjectivos

. grupo nominal e grupo verbal

. hino portugal

. homófonas e homógrafas

. interjeição

. interjeições

. interpretação - 6º ano

. jogos

. lengalengas

. léxico - animais

. língua portuguesa

. língua portuguesa on line

. livros para download

. locuções adverbiais

. morfologia verbal

. nomes

. nomes colectivos

. novo acordo ortográfico

. novo programa de português do ensino bás

. o português nos palop’s

. obras dos 27 estados

. onomatopeias

. oração - elementos essenciais

. ortografia 6º

. palavras homónimas

. parágrafo

. plano nacional de leitura

. plural de palavras compostas

. poema antónio torrado

. poesia

. pratica

. preposições

. pronomes

. pronomes pessoais

. prova de aferição

. provas de aferição

. provérbios

. receita

. relações entre as palavras

. silaba

. sílaba e divisão silábica

. sílabas

. sílabas tónicas e sílabas átonas

. sinais de pontuação

. sinais gráficos

. sinónimos

. sinónimos e antónimos

. sintaxe: frase simples e funções sintáct

. sítio para pais

. sons

. sophia de mello beyner andresen

. técnicas de escrita

. tempos verbais 5º ano

. tipos de frases

. tipos e formas de frase

. tipos e formas de frases

. translineação

. trava línguas

. trava-línguas

. uso do hífen com prefixos:

. utilidades

. vamos jogar

. verbo ser

. verbos

. vídeos

. vocabulário

. webquests

. todas as tags

 

Mais  Disciplinas que fiz

 

 

 

 

 

 

 

se quiseres

dar sugestões

manda-me

um mail

 

 

 

 

 

 

 

Provérbios e Adivinhas

 

 

 



Livros para escutar

(basta clicar, mas não substitui

a leitura em papel)

 


Texto: Rita Taborda Duarte;
ilustração: Luís Henriques;
edição: Editorial Caminho

 

Texto: Davide Cali; ilustração:

Serge Bloch; edição: Bruaá

Texto: João Manuel Ribeiro;

ilustração: Flávia Leitão; edição:

Trinta por Uma Linha

Texto: João Paulo Cotrim;

ilustração: Pedro Burgos; edição:

Calendário de Letras

Texto: Isabel Minhós Martins;

ilustração: Bernardo Carvalho;

edição: Planeta Tangerina

Texto: Carla Maia de Almeida;

ilustração: André Letria; edição:

Editorial Caminho

 

Autores para ouvir
(clicar na imagem)

Entrevista a Maria
Keil (Pública, 15-07-07)
"Artista ou operária?"

Laurentino Gomes (em Portugal)
fala da fuga da corte para o Brasil
Álbuns de ilustrações
(clicar na imagem)

Ilustrarte 2007, Bienal
Internacional de Ilustração
para a Infância

Truth and Tales, exposição de
ilustradores finlandeses

 

 


online
RSS

Ler é demais!

 

 

 

 

  Cuidado com a língua

   

               VÊ aqui

 

   HISTÓRIAS PARA
    OUVIR E LER

Os nossos grandes poetas 

ditos por Joâo Villaret

 aqui

 

 

 

 

 

 

 

 

 links úteis...

 

Hospitais Públicos
Centros de saúde
Escolas Públicas
Associações
Farmácias Serviço
Bibliotecas
Museus
Parques e Jardins
Parques Zoológicos
Legislação
Segurança Infantil
Emergências
Crianças
    Desaparecidas
 

     

       links

 


 Nascimento do Blog

Nascimento do Blog 
23 de Outubro de 2006

 

Janeiro 2009

 

 

 

 

 

 

 

 

Recados Para Orkut

 

Myspace Layouts & cursors

 

 

WEBQUESTS

          A Língua Portuguesa no Mundo

       
  A Língua  Portuguesa - a história da evolução

       
  O Magusto

       
  Categorias da Narrativa

          Lendo Fábulas

 
     
 A Menina do Mar

 
     
 Caça ao adjectivo

 
     
 Tipos de Frase

 
       Ulisses

 
     
 Uma Aventura pela obra Ulisses

 

Não cometam estes erros!

.arquivos

. Abril 2011

. Junho 2010

. Março 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009